top of page

Diocese emite nota da CNBB após vídeo tendencioso de padre

Padre utiliza rede social da paróquia para de forma mascarada orientar os fieis a não votarem em determinado candidato por ele ser a favor do aborto.

Em um video divulgado na manhã desta terça(11) onde o padre, inicia falando sobre o mês de Maria e puxa um ponto, diz que "Maria é mãe da vida e para pensarmos em nossas escolhas eleitorais em relação ao voto", diz também que "um Católico, Cristão que adora Jesus não pode permitir que o aborto aconteça, não se associando em partido que apoia o aborto e todos sabem qual partido e qual candidato é a favor do aborto".

Neste video, um evangélico também participou, dizendo que "muitos falam que a igreja não pode se posicionar".

Padre retorna no video, dizendo que após a morte, no julgamento final, Deus vai perguntar em quem foi o nosso voto. Questiona se grupos como LGBTQIA+ não é pecado, será que é errado, será que é estranho, viver o que Deus criou e sonhou para nós, ser homem e ser mulher. Diz ainda que querem colocar na cabeça das crianças que elas podem ser o que quiser, mesmo tendo um corpo masculino, pode ser uma mulher.

E diz "será que na hora que você estiver de frente a urna, Jesus vai se orgulhar, vai ficar feliz com seu voto, Maria Santíssima, o sangue dos inocentes, ali seria coerente ou seria mais aborto sendo aprovado, sendo apoiado.

Diocese emite nota da CNBB após vídeo tendencioso de padre, onde a nota diz que Lamenta neste momento de campanha eleitoral, o aumento da exploração da fé e da religião para angariar votos no segundo turno. Deste modo, a CNBB(Conferência Nacional dos Bispos) lamenta, reprova e condena veementemente o uso da religião para todo e qualquer candidato como ferramenta de sua campanha eleitoral.



1.474 visualizações0 comentário
bottom of page